Economia do Brasil: fatos, população, PIB, inflação, negócios!

Uma crise política que, juntamente com a queda nos preços das commodities, contribuiu para uma forte contração da economia, enfraqueceu a confiança dos consumidores e dos investidores.

A situação fiscal do Brasil foi severamente comprometida por uma combinação de alta inflação, paralisia política e aumento de déficits orçamentários que elevaram o peso da dívida pública.

A interferência do estado na economia tem sido pesada. A eficiência e a qualidade geral dos serviços governamentais permanecem pobres, apesar dos altos gastos do governo. A implementação de qualquer programa de reforma mostrou-se difícil.

Os obstáculos à atividade empresarial incluem impostos onerosos, regulação ineficiente, acesso insuficiente ao financiamento de longo prazo e um mercado de trabalho rígido. O sistema judicial permanece vulnerável à corrupção.

FUNDO

O Brasil, o quinto maior país do mundo, é dominado pela bacia do rio Amazonas e pela maior floresta tropical do mundo. A população de mais de 200 milhões está fortemente concentrada na costa, onde uma dezena de grandes áreas metropolitanas com populações de um milhão ou mais oferecem acesso direto ao Oceano Atlântico.

Economia do Brasil

A atual constituição democrática data de 1988. A presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores, que procurou promover a agenda política esquerdista e populista iniciada por seu antecessor, Luiz Inácio “Lula” da Silva, foi impeached e retirada do cargo em 2016. O novo presidente Michel Temer enfrenta contínuos escândalos de corrupção e turbulência política em curso.

ESTADO DE DIREITO

O componente de direitos de propriedade é uma avaliação da capacidade dos indivíduos para acumular propriedade privada, garantida por leis claras que são totalmente aplicadas pelo estado e correios. Ele mede o grau em que as leis de um país protegem os direitos de propriedade privada e o grau em que seu governo impõe essas leis.

Também avalia a probabilidade de que a propriedade privada seja expropriada e analise a independência do poder judicial, a existência de corrupção dentro do poder judiciário ea capacidade de indivíduos e empresas para fazer cumprir os contratos.

Quanto mais certa a proteção legal da propriedade, maior a pontuação de um país; Da mesma forma, quanto maiores as chances de expropriação de propriedade do governo, menor a pontuação de um país. Os países que se enquadram entre duas categorias podem receber uma nota intermediária.

TAMANHO DO GOVERNO

A taxa de imposto de renda pessoal é de 27,5%. A taxa corporativa padrão é de 15%, mas outros impostos, incluindo um imposto sobre transações financeiras, trazem a taxa efetiva para 34%.

Economia do Brasil

A carga tributária global equivale a 32,8 por cento da renda doméstica. As despesas governamentais ascenderam a 39,5 por cento do produto total (PIB) nos últimos três anos, e os déficits orçamentários alcançaram a média de 6,4% do PIB. A dívida pública equivale a 73,7% do PIB.

EFICIÊNCIA REGULADORA

Organizar novos negócios continua engordurado e burocrático. É caro e demorado para lançar ou expandir um negócio. As regulamentações trabalhistas rígidas e ultrapassadas prejudicam o crescimento do emprego, e o custo não-econômico de empregar um trabalhador é oneroso.

O novo governo tem prosseguido políticas mais ortodoxas do que seu antecessor e planeja aumentar os aumentos nas despesas orçamentárias e eliminar a indexação automática de direitos.

MERCADOS ABERTOS

O comércio é de importância moderada para a economia brasileira; O valor das exportações e as importações tomadas em conjunto equivale a 27% do PIB. A tarifa média aplicada é de 7,8%. O comércio e o investimento enfrentam obstáculos burocráticos e regulatórios.

O setor financeiro é diversificado e competitivo, mas o envolvimento do governo permanece considerável, e os bancos públicos agora representam mais de 50% do total de empréstimos para o setor privado.

Os comentários estão desativados.